Stars Wars: Influências da cultura japonesa!

Ler este artigo você agora precisa!

E finalmente estreou a continuação de uma das sagas mais adoradas na história do cinema, Stars Wars episódio VII: The Force Awakens. O filme estreou oficialmente dia 17 e já bateu recorde de vendas na estréia (que antes pertencia a Harry Potter) com mais de 130 milhões dólares, isso só mostra o tamanho da importância da aventura cinematográfica criada por George Lucas na década de 1970. Então aproveitando a “onda” Star Wars, e também o fato de ser fã da franquia, vou falar algumas curiosidades relacionadas a mitologia da saga inspirada em muito na cultura japonesa.

Influências

George lucas começou sua carreira em Hollywood como todo diretor desconhecido, com filmes pequenos e sem muita importância, assim como seus dois amigos da faculdade de cinema Steven Spielberg e Francis Ford Coppola. Apaixonado por produções antigas como Flash Gordon e filmes Westerns (os famosos Bang-Bang), também cultuava uma admiração pelo diretor japonês Akira Kurosawa (que logo faremos um artigo especial), inspirado pelo mundo samurai apresentado nos filmes do cineastra, Lucas incorporou em seus cavaleiros Jedi a filosofia e estética do guerreiros japoneses. O fato dos Jedis pertencerem a um passado esquecido, empunhando armas antiquadas e mantendo um código de honra vindo de uma época antiga não é mera coincidência (isso é claro na trilogia clássica). Mas não é só isso, Kurosawa está em Star Wars de forma mais direta dentro da narrativa da história que é apresentada pelo ponto de vista dos dois personagens cômicos R2 D2 e C3PO, assim como acontece em A Fortaleza Escondida (Kakushi toride no san akunin) onde a história se desenrola acompanhando dois camponeses que testemunham a aventurara de um herói que precisa vencer um exercito inimigo e resgatar uma princesa, fez a ligação de Luke e Leia? Veja abaixo um vide-o onde elementos dos dois filmes são comparadas lado a lado.

Jedis: Cavaleiros ou Samurais?

Uma coisa que eu sempre penso é do porque os Jedis se auto denominarem “cavaleiros” se toda a sua mitologia e postura são inspiradas nos samurais. Isso além de ser algo claro para quem já assistiu Star Wars, também é admitido pelo próprio George Lucas em entrevistas sobre o filme. Alguns dos elementos usados na criação da estética por exemplo é o capacete de Darth Vader:

darth

As vestimentas dos Jedi (Luke até usa um kimono mesmo), e as lightsabers que são as próprias katanas (que nos primeiros concepts arts antes da produção do primeiro filme muito se asemelhavam com as famosas espadas japonesas).

92zKyCE

Também é bacana lembrar que no episódio I: A ameaça fantasma, o figurino e postura de Padmé tem fortes influências nas Geishas da cultura feudal do japão.

Amidala_jewel-japanzone

No Japão
É lógico que Star Wars possui dezenas de outras influências, mas talvez estas sejam as mais legais para os amantes da cultura oriental, então não é dificil de imaginar o tamanho do sucesso que a franquia fez (e ainda faz) no Japão, tanto que todos os filmes foram lançados em formato de mangás, a coleção foi até publicada aqui no Brasil pela JBC, consulte a disponibilidade nesse link.

manga-star-wars-uma-nova-esperanca-coleco-completa-ed-jbc-897001-MLB20263762245_032015-F
E pra finalizar, se você não está convencido de como Star Wars tem tudo a ver com a cultura japonesa, assista a esse excelente short film em anime chamado TIE Fighter que foi postado recentemente no Youtube e feito inteiramento por fãs, assista abaixo se ainda não viu.

POSTER OFICIAL DO CURTA

tie_fighter_poster_by_mightyotaking-d8mwlrt

 

Obrigado e nos vemos no próximo post, que a força esteja com você nos cinemas!


Fontes: 
Inspirações de George Lucas: El pais Brasil 
Bilheteria de Stars Wars episódio VII: The Force Awakens: R7